Assista o trailer e conheça a história de Just Cause 3

Quando se fala sobre qualquer jogo Just Cause, as pessoas normalmente imaginam um jogo sandbox com um mundo enorme, destruição criativa e uma porrada de explosões. Elas não estão erradas. Mas é legal ter uma razão para todo esse caos, certo?

A PlayStation inventou uma bem original: salvar o mundo e conseguir vingança. Bem melhor do que “porque eu quero”. Pelo menos na nossa cabeça.

Em Just Cause 3, Rico volta para casa pra salvar sua terra natal, Medici, do comando do despótico e maníaco General Di Ravello. Ele e Rico têm história. Di Ravello na verdade é a própria razão de Rico ter deixado sua casa, pra começar, então não é nenhum segredo que eles não se dão muito bem. Esse “desafio” é o maior que Rico já enfrentou. Ele não só vai precisar libertar as pessoas de Medici e derrotar Di Ravello como também proteger seus amigos. Vamos ver se ele é bom em ser multitarefa!

Just Cause 3

Mas por que é que Rico não desafiou Di Ravello anos atrás, você pergunta? Por muito tempo, a locura de Di Ravello estava isolada pelas fronteiras de Medici. No entanto, com a descoberta de Bavarium, o mineral milagroso que tem incríveis possibilidades militares, a ambição de Di Ravelle se expandiu para além disso: para conquistar o mundo todo. Sem pressão, hein?

O jogo trás de volta algumas caras conhecidas para o Just Cause 3, incluindo Sheldon. Também há alguns novos personagens que você, junto com Rico, vai conhecer pela primeira vez: como Annika, a líder dos fora da lei com conexões com o submundo. Você também vai conhecer Dima, uma cientista brilhante que tem um papel fundamental na história, e Mario, o melhor amigo do Rico.

Just Cause 3Just Cause 3

Então aí está: uma boa razão para Rico voltar pra casa e explodir um monte de coisas.

Fonte: Blog Playstation