Por Willian Domingues

Esqueça as pistolas, metralhadoras e granadas, o novo jogo da aclamada série da Ubisoft, Far CryPrimal acontece no início do período Mesolítico, há cerca de 10 mil anos antes de Cristo na Europa Central. Na idade da pedra as armas são caseiras e você terá que construí-las com itens que encontra pelo caminho, enquanto vasculha e tenta sobreviver no gigantesco mundo aberto de Oros, uma terra de cenários majestosos com florestas, pântanos, montanhas, cachoeiras, rios e terreno elevado que resultam em uma paisagem tão deslumbrante como em Far Cry 4.

Em Far Cry Primal você terá a melhor experiência pré-histórica já lançada em um jogo de videogame. Você controla Takkar, da tribo Wenja, um caçador que ficou retido em Oros, sem armas e recursos. Ele é o único sobrevivente do seu grupo que foi atacado numa emboscada enquanto caçavam. Agora, o seu maior objetivo é sobreviver onde você é a presa, em um mundo selvagem e cheio de predadores a obrigação é ficar no topo da cadeia alimentar.

Em uma caverna escura, um homem primitivo bate uma pedra na outra até fazer fogo para acender uma tocha e iluminar as gravuras das paredes, que contam a história de maneira breve e deixa a entender que o seu povo é a tribo Wenja. Muitos Wenjas foram longe, encontraram a terra de Oro, cheia de vida e que virou moradia para a tribo, porém, um lugar muito perigoso…

takkar-inicio

Takkar surge em meio a uma manada de mamutes, ao lado de Dalso e outros caçadores Wenjas que procuram por um mamute menor e que esteja separado dos demais para que o ataque seja mais fácil. Em meio a ação selvagem empolgada por uma trilha sonora africana, com lanças feitas com pontas de pedra, os caçadores atacam e derrubam um dos animais. O gigantesco mamute vai servir de refeição para todos que estão ali famintos há dias… Até que um tigre dente-de-sabre surge para acabar com a festa. Os caçadores de Wenja são atacados e devorados pela fera, mas Takkar rola por uma ribanceira abaixo ao lado de Dalso, que não resiste aos ferimentos e com fraturas expostas ainda tem forças para as últimas palavras e enquanto entrega para Takkar uma pulseira que vai identificar que ele é um Wenja, pede para que ele não pare e encontre os irmãos de tribo que estão perdidos.

E então começa o jogo, Takkar está sozinho, desarmado e cercado por feras e como se fosse um tutorial, a primeira etapa do jogo orienta você a procurar pelo Caminho de Oros. Nesta área existem três materiais diferentes para construir a primeira arma do caçador, um arco para lanças. Com a primeira arma construída, Takkar está pronto para prosseguir e nos próximos passos recebe orientações de como perseguir a caça e atacar para poder se alimentar. Logo em seguida, você aprender a usar a visão de caça, que identifica vida, materiais, sangue, rastros humanos e animais, e então Takkar vai atrás do primeiro Wenja perdido e encontra Sayla, encurralada por um tigre, o caçador a salva e fogem juntos até chegarem ao grande mundo aberto “Terra de Oros”.

Tirando a mudança de temática do Himalaia de Far Cry 4 para a Idade da Pedra em Primal, a essência da série continua a mesma, só que de uma maneira mais primitiva. Ainda é preciso dominar postos avançados inimigos, mas desta vez terá que ascender fogueiras para desbloquear novos pontos de viagem rápida. Fãs e jogadores de outras versões da série com certeza irão se adaptar mais rapidamente do que novos jogadores.

Wenja_Village_GOLD_1080p_221530

Com dezenas de missões espalhadas pelo grande mapa, Primal é um jogo de exploração onde você está livre para se locomover para onde quiser e conquistar territórios durante o percurso. Você vai gastar muito tempo explorando, primeiro a procura de comida e recursos mais simples para criar suas próprias armas e ferramentas, mas paralelamente a isso terá que caçar, dominar o fogo, afastar animais, lutar contra outras tribos e marcar território. Enquanto Takkar vasculha Oro as missões vão surgindo, algumas fazem parte da história, porém existem dezenas de missões secundárias repetitivas, enquanto outras são apenas para ajudar a aumentar as habilidades de seu personagem.

Em Far Cry Primal o tempo passa, você pode caçar durante o dia ou pela noite, onde o perigo é imenso e o grau de dificuldade do jogo aumenta, pois existem mais animais a solta e pode ser um pouco desesperador ficar no escuro caso o fogo da sua tocha se apague e você não tenha mais gordura animal para re-ascender e iluminar o caminho e até mesmo espantar feras. Mas fique tranquilo, a Ubisoft Montreal deu um bom equilíbrio entre a tensão e diversão que eleva toda a experiência.

Apesar do jogo ser em Português, a Ubisoft trabalhou com linguistas para criar uma linguagem pré-histórica fictícia para cada uma das três tribos existentes do jogo, Wenja, Udam e Izila, então obviamente você terá que ler as legendas para entender o diálogo entre os personagens.

TÉCNICAS DE CAÇA
O que você mais vai fazer em Far Cry Primal é caçar, entre uma missão e outra você terá que enfrentar diversos tipos de predadores, onde poderá extrair recursos como carne ou pele que poderão ser usados para recuperar energia ou ajudar na construção de ferramentas úteis.

As criaturas pacíficas aparecem em amarelo no radar ao canto inferior esquerdo da tela e as perigosas em vermelho. Tome muito cuidado e mantenha-se sempre abaixado e em silêncio para não ser notado por sua presa. Com o arco e flecha você pode acertar um animal quando o ponto da mira ficar em vermelho, se mirar na cabeça vai atacar com mais firmeza e matará com apenas um golpe, evitando que ele fuja e você tenha que correr atrás do corpo.

Captura de Tela 2016-03-03 às 13.14.13

Ao clicar no analógico direito do joystick (r), você ativa por alguns segundos o modo “caçador” e deixa a imagem da tela em preto e branco, destacando apenas pontos importantes em colorido.

Após abater o animal, aproxime-se do corpo e pressione o botão de ação para coletar itens que o animal oferece como recompensas. São vários tipos de animais que fornecem itens diferentes que você pode usar para montar ferramentas ou combinar com outros itens.

DOMAR ANIMAIS
Em Far Cry Primal você pode dominar alguns animais selvagens para serem usados como parceiros nas batalhas ou como meio de transporte. Esta função chamada “Mestre das Bestas” está na árvore de habilidades de Takkar e com isso será capaz de usar uma coruja como se fosse um binóculo para espionar acampamentos ou marcar inimigos para facilitar a visibilidade e até mesmo atirar bombas de colmeias de abelhas na cabeça dos rivais. Também é possível comandar ursos, tigres, lobos ou texugos. Takkar é capaz de montar em um mamute e atropelar tudo o que vê pela frente e caso o seu animal de estimação morra, o caçador tem o poder de curá-lo com carne ou trazê-lo de volta à vida a qualquer momento através do menu. Esta dinâmica entre o homem das cavernas e os animais dão um grau a mais de diversão na jogabilidade de Far Cry Primal.

far-cry-primal-domando

CONCLUSÃO
A Ubisoft fez o que muitas outras não ousariam, mudaram o rumo de uma série shooter muito bem sucedida. Trocar as armas de fogo por animais e colocar como foco principal a sobrevivência em um cenário pré-histórico foi algo totalmente inovador e que vai agradar não só os fãs e jogadores assíduos de Far Cry, como também uma nova geração de players que pela primeira vez vão enfrentar um desafio de sobrevivência na idade das pedras em uma nova geração de videogames. Este fato inovador já faz valer que Far Cry Primal seja um jogo independente e não apenas um DLC como muitos da crítica gostariam. Com gráficos não muito diferentes de Far Cry 4, Primal se destaca pelas majestosas paisagens e uma trilha sonora que empolga e dá todo o clima ao jogo. Se você está cansado de jogos com grandes narrativas e quer um single-player único, Far Cry Primal é um lançamento fantástico que tem bagagem suficiente para deixar amantes da pesquisa histórica muito felizes. Fique atento aos rugidos, pegue sua lança e prepare-se, pois está aberta a temporada de caça!

PONTUAÇÃO DO REVIEW
Gráficos
9
Jogabilidade
10
Trilha Sonora
9
História
7
Inovação
10
COMPARTILHE
Artigo anteriorVersão beta de Super Button Soccer já está no Steam Early Access
Próximo artigoInstagram proíbe usuários de postar links de Snapchat e Telegram