Pouco tempo depois de revelar o Xperia Z4 (que chegou ao Brasil como Z3+), a Sony revelou a nova família Xperia Z5 com três novos modelos de smartphones. Todos são esteticamente parecidos, mas possuem características próprias, sendo o principal diferencial o tamanho e qualidade da tela.

A nova linha inclui o Xperia Z5, com uma tela de 5,2 polegadas, o Z5 Compact, com um display de 4,6 polegadas, e o Z5 Premium, com 5,5 polegadas. Este último, inclusive, é o primeiro celular do mundo com uma tela 4K, diz a Sony. Eles também são resistentes a poeira e água.

Por dentro, são todos bem parecidos, com o mesmo processador Snapdragon 810 octa-core de 64 bits. Tanto o Z5 quanto o Z5 Premium contam com 3 GB de memória RAM, mas a variação menor, o Compact, tem apenas 2 GB. Todos contam, no entanto, com 32 GB de armazenamento interno, com slot para cartão microSD de até 200 GB. A Sony promete duração de bateria de 2 dias para todos.

A câmera traseira apresenta um sensor de 23 megapixels, a primeira mudança no sensor de imagem desde a era do Z1, com foco automático híbrido, que, segundo a Sony, é o mais rápido do mercado e se sai muito bem em ambientes de baixa luminosidade.

Os aparelhos também trazem, pela primeira vez nos tops de linha da Sony, leitor de impressão digital. A empresa colocou o sensor no botão de liga/desliga na lateral do aparelho, uma solução diferente da adotada por Samsung e Apple. Essas duas colocaram o leitor no botão Home físico, que não existe nos aparelhos da Sony.

A resolução da tela varia proporcionalmente com o seu tamanho. O Compact preenche o display de 4,6 polegadas com uma resolução 720p, enquanto o Z5 adota a resolução Full HD, e o Z5 Premium abraça pela primeira vez o 4K.
Os aparelhos começam a chegar ao mercado em novembro deste ano.